MASSACRE EM RORAIMA (PCC x CV) - Jornal Nacional (06/01/2017)

Governo de Roraima se diz surpreso com massacre de presos em Boa Vista





O massacre de 33 detentos na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, em Boa Vista, surpreendeu o governo de Roraima. Em entrevista à Rádio Sputnik Brasil, o Coronel Bombeiro Edivaldo Amaral, Secretário Estadual de Defesa Civil, revelou que esta semana a Penitenciária foi alvo de rigorosa inspeção e que nada de anormal foi detectado. Segundo a Secretaria de Justiça e Cidadania, o massacre ocorreu às 2h30min locais, equivalentes às 4h30min, horário de Brasília (com o horário de verão em vigor, Roraima está duas horas atrás de Brasília). Um grupo de presos deixou suas celas e invadiu outras, provocando a matança. Pelo menos 33 presos mortos em nova rebelião no norte do Brasil O Coronel Edivaldo Amaral contou que, em Roraima, a gestão dos presídios é exclusivamente feita pelo Estado e daí a surpresa com os fatos ocorridos nesta sexta-feira. Por sua vez, o Secretário de Justiça e Cidadania, Uziel Castro, que foi ao local, informou que o massacre foi atribuído aos integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) que cumprem condenações naquela colônia penal. Mais tarde surgiu a informação de que as vítimas dos integrantes do PCC foram membros do Comando Vermelho (CV). Segundo o Coronel Edivaldo Amaral, o governo de Roraima tem consciência da dificuldade que é gerir o sistema penitenciário: "Adotamos uma série de cuidados como, por exemplo, evitar que grupos de facções rivais se encontrem e façam o chamado ajuste de contras. Realizamos inspeções periódicas nas celas. Mas, por maiores que sejam os cuidados, sempre alguma situação escapa ao controle. Nós temos plena consciência de nossas dificuldade e temos todo direito de esperar pela ajuda do governo federal, na forma de construção de novos presídios de segurança máxima, de modo que possam ser transferidos para estes estabelecimentos os presos de maior periculosidade." A Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Pamc), localizada na BR-174, é considerada a maior unidade prisional de Roraima. A colônia penal abriga mais de 1.400 presos, o que é considerado o dobro de sua capacidade. © AFP 2016/ ANDRESSA ANHOLETE Alexandre Moraes negou envio de Força Nacional a presídios, mostra documento Em pouco mais de três meses, este foi o segundo massacre de presos. Em outubro de 2016, dez internos morreram num confronto entre integrantes de facções rivais ocorrido num dia de visitas. Na ocasião, parentes dos presos foram tomados como reféns e só conseguiram se libertar dos criminosos com a chegada da Polícia Militar.



____________________________





Alexandre Moraes negou envio de Força Nacional a presídios, mostra documento





Ministro da Justiça assinou ofício em que negava um pedido do governo de Roraima para envio dos agentes ao estado em novembro; hoje, 33 detentos foram assassinados com requintes de crueldade. © FOTO: PIXABAY Pelo menos 33 presos mortos em nova rebelião no norte do Brasil O ministro da Justiça, Alexandre Moraes negou o envio de tropas da Força Nacional de Segurança Pública à Roraima em 21 de novembro do ano passado. De acordo com o Estadão, a governadora Suely Campos enviou o pedido solicitando reforço na segurança dos presídios em "caráter de urgência". Em resposta ao pedido de socorro, o ministro enviou um ofício em que dizia que “apesar do reconhecimento da importância do pedido de Vossa Excelência, infelizmente, por ora, não poderemos atender ao seu pleito”. "A Força Nacional de Segurança Pública encontra-se em fase de preparação para operação de enfrentamento de homicídios e violência doméstica, cujo plano está em desenvolvimento neste Ministério, destinando, a priori, a atuação nas capitais dos 26 estados e no Distrito Federal", dizia Moraes no documento. Na manhã de hoje, o Brasil foi surpreendido por mais uma sangrenta chacina nos presídios do Norte. Depois do caso em Manaus, 33 presos foram encontrados decapitados, com os corações arrancados e membros jogados pelos corredores que dão acesso às alas da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Pamc). Metas Alheio à acusação, Alexandre Moraes concedeu coletiva de imprensa na manhã de hoje, em que detalhou esforços do governo federal para tentar conter a onda de violência nos presídios. O ministro disse que espera implementar o Plano Nacional de Segurança Pública para tentar mudar o panorama. A ideia é reduzir a superlotação nos presídios em 15%. O Plano também prevê redução anual de 7,5% nos homicídios dolosos, aumentar em 10% o número de apreensão de armas e drogas até o final do ano e de 15% até 2018.



Lucros Na Internet de Forma Automática







Se você ainda não conhece a Nova Plataforma Ganhos Automáticos, precisa
conhecer AGORA mesmo, pois mudou para melhor, muito melhor.

Agora todos podem se cadastrar gratuitamente e podem ganhar dinheiro sem investimentos, não duvide, é isto mesmo que acabou de ler e ainda tem mais, cada indicado direto seu, te gera 2.000 Créditos para você Adicionar os seus Anúncios nos anúncios PREMIUM do site.

FANTÁSTICO NÃO É?? VIU COMO É SIMPLES???

Você se Cadastra GRÁTIS, se torna um afiliado do site, recebe um link com
seus dados, você indica para amigos, eles se cadastram, você ganha de cara
2.000 Créditos por cada Indicado e ainda pode Ganhar DINHEIRO quando
seus 
indicados realizarem Assinatura ou Comprar algum produto, ferramenta
ou 
serviço Internamente.

NÃO PERCA TEMPO, ACESSE O LINK ABAIXO, CONHEÇA E CADASTRE-SE!









Lucros Na Internet de Forma Automática





Visite os Sites Parceiros






Grátis Dicas Online






Android Passo a Passo






Blog do Pedro






Blog Lucro Certo






Esquadrão Resgate







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reforma do Ensino Médio é aprovada pelo Senado; veja o que muda na grade curricular